Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A menina da Cidade

"A moda está no céu, está nas ruas, a moda está relacionada ás ideias, ao modo de viver e ao que está a acontecer" Coco Chanel

A menina da Cidade

"A moda está no céu, está nas ruas, a moda está relacionada ás ideias, ao modo de viver e ao que está a acontecer" Coco Chanel

Cavaco veta a adoção gay

Eu sei que é um tema sensivél , e há muita gente homofóbica , que deve aplaudir e até pensar que foi a unica coisa de jeito que Cavaco fez. Não concordo.. Na minha opinião muitos casais heterósexuais abandonam os filhos ou maltratam -nos ! E estes casais gays tem um lar para lhes dar, amor e todas as condições para uma criança! Claro que há sempre quem ache que se deve ter uma figura femenina/materna e uma figura masculina /paterna, mas e as mães solteiras ou pais solteiros? Existem avós , tios , amigos por perto que poderão fazer um dos papéis, ou ajudar.. Tenho pena desta decisão sinceramente.. Que acham disto? Beijinhos

Cancro da mama

vip-pt-17157-noticia-sofia-ribeiro-foi-me-diagnost

Esta manhã quando fui ao facebook deparei - me com a noticia da Sofia Ribeiro a informar que tinha cancro da mama, confesso que fiquei triste.. uma rapariga nova, com 31 anos ( temos praticamente a mesma idade) e já a passar por um pesadelo destes.. Todos os dias devem haver noticias destas , e a crianças eu sei.. Sei mas não pensamos nisso pois diretamente não sabemos de nenhum caso, um ou outro mais mediático que mexe conosco mas depois passa. Gosto da Sofia como atriz e espero que tudo corra pelo melhor. A mensagem dela : " Sofia Ribeiro Tenho uma difícil notícia para vos dar... Pelo carinho, amizade, e apoio que sempre me deram, sinto que devo fazê-lo na primeira pessoa. Eu, sem luzes, sem maquilhagens. Apenas eu a Sofia. Dia 13, sexta-feira 13, deste novembro, ironicamente no meu número e dia da sorte  foi-me diagnosticado um cancro da mama.  Não há forma fácil de o dizer. É esta a verdade.  As lágrimas que me chovem dos olhos nos últimos dias, da mesma forma que as nuvens vêm e vão...as gargalhadas em forma de "fuga" e a dormência que sinto em mim, são o reflexo do medo que me vai na alma. Medo de perder os meus, medo de perder o meu trabalho, o meu futuro, medo do incerto, medo de tudo e mesmo assim medo de nada. Sim, já percebi que ter cancro não é o fim, e não será o meu, mas sim o início de uma grande batalha. Felizmente os casos de sucesso são mais que muitos, são graças a Deus a maioria. E eu vou fazer parte dela.  Quem me conhece de perto e vocês também já me conhecem um bocadinho, sabem que não sou de desistir. Toda a vida lutei e vou continuar a fazê-lo, juro por tudo, por Deus, juro por mim e por todos os que acreditam em mim. Vou seguir o exemplo dos milhares de Mulheres, guerreiras, que conseguiram ganhar ao cancro e vou também eu pertencer a esse grupo, dos que lutam para vencer este mal cada vez mais presente nas nossas vidas. Neste momento é tudo o que vos consigo dizer. Prometo que a seu tempo e com a devida distância vos dou notícias desta nova jornada. Da vossa parte, peço respeito e que apoiem, não a mim, em particular, mas sim esta luta que já é de todos nós. Por favor, não tenham pena. Peço-vos boas energias, sorrisos e que façam desta mensagem uma partilha se, tal como eu, acreditam que é possível vencer o cancro" Beijinhos